De encher os olhos e dar água na boca

Vamos continuar nossas postagens destacando as festividades juninas até o final do mês, quando São Pedro fechar o período de festa; afinal, temos muito para falar sobre esta expressão autenticamente nordestina. E o assunto de hoje é o mais saboroso possível, pois é neste período onde mais se consomem as comidas típicas do Nordeste. Um bom cardápio junino reúne diversas opções de pratos, em sua maioria, com base de milho, coco e tapioca. E nem precisa de garfo e faca! Conhecer um pouco dessas guloseimas é saber mais sobre o povo da região. Então, preste bem atenção nesta postagem: você vai ficar com água na boca!

A culinária junina tem como principal elemento o milho que é plantado no dia de São José

A culinária junina tem como principal elemento o milho que é plantado no dia de São José

Como dito acima, grande parte das comidas do período junino tem como base o milho. E a tradição sobre esta comida se inicia bem antes do dia de São João. Afinal, o milho costuma ser plantado no dia de São José, 19/03; pois, segundo a tradição, se chove neste dia, a colheita será boa durante o mês de Junho. Isso garante uma venda lucrativa para os produtores e uma mesa farta para todos: os que produzem e os que vão se deliciar com o produto da colheita!

E o milho é consumido de todo jeito: cozido, assado (até mesmo na brasa da fogueira), tem bolo de milho, bolo de fubá (que é a farinha do milho), pamonha, além de dois itens muito comuns por aqui mas que confundem os turistas com seus nome diferentes: a canjica, que muitos chamam de curau, e o mungunzá, que se parece com o que alguns conhecem por canjica! Achou confuso? É a regionalização que faz tudo ser diferente neste país continental. Mas, te damos uma dica: vem pra Aracaju experimentar essas delícias e você vai descobrir a diferença na prática. E não existe jeito melhor de reconhecer estas delícias que não seja pelo sabor de cada uma delas.

Ah, e quase esquecemos do pé-de-moleque: o que, para muito é um doce com amendoim, aqui é uma massa de

Arroz doce, canjica e mungunzá são alguns dos pratos mais consumidos pelos turistas

Arroz doce, canjica e mungunzá são alguns dos pratos mais consumidos pelos turistas

tapioca (também conhecida como “puba” e coco, assada na palha da bananeira. Afinal, não é só de milho que se vive no São João: o coco e a tapioca também são base de receitas muito tradicionais e que fazem o maior sucesso por aqui. O beiju, que atualmente se tornou bem conhecido em todo o país, ganha as mais diversas variações: o beijú-molhado, mistura a massa com o leite de coco, que dar um sabor doce à receita; já o sarolho, onde a tapioca se une ao coco ralado, com um sabor mais salgado e textura seca; enquanto o malcasado fica no meio do caminho: nem muito salgado e nem muito doce, nem tão molhado nem tão seco. É como a gente disse: só experimentando pra saber. E com tantas opções, vai ser difícil você escolher o mais gostoso!

Existem ainda outras comidinhas que são comuns no cardápio junino: o arroz-doce, a queijada, o bolo de macaxeira (ou mandioca, ou aimpim – a depender de onde você more, a raiz pode ter nomes diferentes, mas aqui é macaxeira, não esqueça!) e o de puba; além de aperitivos como o amendoim cozido e as castanhas, estes muito comuns no estado durante todo o ano. E que acompanham bem quentão e os licores, que são as bebidas mais consumidas em Sergipe durante o São João. Jenipapo, uva-passa e até a queridinha sergipana mangaba são algumas das frutas utilizadas como base destas bebidas que prometem esquentar a noite do pouco rigoroso inverno nordestino.

No Celi Hotel, os hóspedes vão se deliciar experimentando os pratos típicos da culinária junina com um cardápio especial

No Celi Hotel, os hóspedes vão se deliciar experimentando os pratos típicos da culinária junina com um cardápio especial

Ficou com água na boca? Então, saiba que no Celi Hotel, durante todo o mês de Junho, temos uma verdadeira degustação dessas delícias. Além de saborear algumas destas iguarias durante o café da manhã, nossos hóspedes terão um cardápio especial durante a semana do São João, com cinco pratos típicos diferentes por dia! Você vai se hospedar com conforto e qualidade, em frente à Orla de Atalaia, e ainda vai experimentar o melhor da culinária mais tradicional do estado sem precisar sair do hotel. Dessa vez, a gente caprichou para oferecer o melhor do período junino aos nossos hóspedes.

E não pense que acabou! São João está chegando e na próxima semana o Celi Hotel vai fazer uma surpresa junina para seus hóspedes! Essa festa tem mesmo muito sobre o que falar ou “dá pano pra manga”, como dizem por aqui. Continue conectado com o Celi Hotel Aracaju através do nosso blog ou nas redes sociais. Acesse nosso facebook e o instagram para conferir todas as novidades do hotel e acompanhar de perto a surpresa que estamos preparando. Deixe seu comentário com sugestões e comente sobre o que deseja saber ou ver por aqui. Estamos prontos para te receber e informar sobre o que Sergipe tem de melhor para oferecer; e nossa culinária, sem dúvidas, é uma das boas surpresas que você encontra por aqui! Em breve, tem mais sobre São João. Anavantou!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s